Como descartar absorventes industriais?

Posted on by

SPC_descarte1A responsabilidade ambiental e ecológica vem sendo cada vez mais uma preocupação e também uma política das grandes empresas. O uso dos absorventes industriais é fundamental deste ponto de vista, pois são capazes de limpar, controlar e conter, de forma rápida e eficiente, vazamentos e derramamentos de óleos e produtos químicos. Com a ação desses absorventes, é possível evitar graves impactos ambientais e contaminação de solos, além de prevenir também acidentes.

Entretanto, a responsabilidade com o meio ambiente não para por aí. Os absorventes, embebidos em óleo, podem ser descartados como lixo comum? De forma nenhuma. Cada resíduo tem um descarte específico de acordo com as suas propriedades físicas, infectocontagiosas e químicas e seus respectivos impactos na saúde pública e meio ambiente.

A norma NBR 10.004 de 09/1987 é a responsável por regulamentar os resíduos industriais sólidos, onde se enquadram os absorventes industriais, seja o específico ou universal. Segundo a norma, os resíduos com óleo são de classe II: perigosos e não inertes.

Os absorventes costumam reter no mínimo cinco vezes o seu próprio peso, e com essa alta quantidade de óleo a melhor destinação que podem receber é serem transformados em combustível. O poder calorífico dos resíduos oleosos é maior do que o de diversos combustíveis existentes no mercado. Esta destinação só pode ser implementada com uma licença apropriada dos órgãos de responsabilidade ambiental.

Que outras destinações pode se dar aos absorventes industriais?

Para os absorventes embebidos em óleo há três indicações mais comuns:

1. Coprocessamento em fornos

Esta é uma alternativa altamente sustentável, e também uma via bastante econômica de dar um destino ecológico ao lixo residual oleoso. A indústria do cimento utiliza energia em grandes quantidades para realizar suas atividades, e a alta quantidade de calor emanado da queima dos absorventes industriais oleosos poderá ser aproveitado por empresas deste tipo.

2. Incineração

A tecnologia de incineração hoje é altamente segura e confiável, destrói quase 100% do resíduo e deixa o material em baixo volume. A incineração destrói os resíduos através de altas temperaturas, e todos os gases que resultam desse processo devem ser tratados antes de ir para o meio ambiente. As cinzas desses resíduos, após devidamente avaliadas, devem ser enterradas em aterro industrial licenciado.

SPC_descarte23. Destinação para aterros

Uma das mais populares medidas de tratamento de resíduo oleoso é enterrar em locais destinados especificamente para isso, em áreas que garantem segurança ao meio ambiente e impedem ou minimizam qualquer risco de poluição. Sempre verifique se o aterro com o qual vai estabelecer o serviço está em total conformidade com as exigências dos órgãos competentes.

Como você pode ter percebido a destinação dos absorventes industriais, ou qualquer outro resíduo sólido oleoso, envolverá gastos. Por isso avalie bem qual forma de descarte seguro e ecologicamente responsável tem o melhor custo benefício para sua empresa. Nunca opte por um descarte descuidado, pois pode gerar graves acidentes e consequências para o ambiente.

A SETON oferece várias soluções para adequação as Normas de Segurança. É possível fazer a consulta pelo catálogo virtual, pelo site www.seton.com.br ou pelo Televendas: (11) 4166-1202, que funciona de segunda à sexta, das 8h00 às 17h00.

Dúvidas e solicitações podem ser feitas através de e-mail para o Serviço de Atendimento ao Consumidor SETON – informacoes@seton.com.br ou pelo Chat Online, que tem um horário diferenciado dos outros serviços – 9h00 às 18h00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *