Como estimular a prevenção de acidentes com eletricidade?

Como estimular a prevenção de acidentes com eletricidade?

Só em 2018 ocorreram 1424 acidentes de origem elétrica no país, ocasionando 622 mortes.

A cultura de segurança no Brasil é algo ainda muito incipiente. Enxerga-se a prevenção como um gasto, não como um investimento para poupar recursos e vidas. Os riscos com eletricidade estão por todos os lados, seja no trabalho ou em casa, e ceifam vidas diariamente.

Segundo o Anuário Estatístico da ABRACOPEL (Associação Brasileira de Conscientização para os perigos da Eletricidade), só em 2018 ocorreram 1424 acidentes de origem elétrica no país, ocasionando 622 mortes.

Na contramão do que é esperado, o anuário também revela uma escalada crescente de acidentes de origem elétrica no Brasil, com incremento de 37,2% em 2018 em relação a 2013, ano de início da pesquisa.

Ou seja, esse número releva o quanto ainda precisa ser feito em relação à cultura de segurança, prevenção e cumprimento às normas de segurança em empresas e residências.

Como evitar acidentes de ordem elétrica?

Confira abaixo 4 formas de promover a segurança e prevenir acidentes com eletricidade na sua empresa.

Cumprir NR-10

A NR-10 é uma norma que estabelece requisitos e condições mínimas de segurança aos trabalhadores que direta ou indiretamente trabalhem com eletricidade.

Assim como as demais normas regulamentadoras,  foi consolidada pelas leis de trabalho e configura como lei, ou seja, o descumprimento acarreta em multas e punições.

Porém, o motivo mais importante para garantir seu cumprimento é ao que ela se propõe: prevenir acidentes e salvas vidas. O texto prevê procedimentos obrigatórios que a indústria deve seguir sempre que o trabalho envolver eletricidade.

São citadas medidas de controle, de proteção individual, coletiva, segurança em projetos, em construção, montagem, operação e manutenção de máquinas, além de segurança em instalações energizadas, sinalização e trabalhos com alta tensão.

Realizar manutenções periódicas

Máquinas e equipamentos estão sujeitos a apresentar defeitos durante a vida útil, porém as manutenções periódicas não servem apenas para garantir sua total eficiência, mas sim para evitar riscos aos funcionários.

Por isso, crie um cronograma de manutenção para todos os equipamentos da sua empresa e aproveite também para verificar a instalação elétrica tanto dos maquinários quanto computadores e demais equipamentos eletrônicos.

Utilizar EPI’s

Mesmo estando de acordo com as normas de segurança e realizando manutenções, acidentes ainda podem acontecer, por isso, todos os colaboradores devem utilizar os equipamentos de proteção individual (EPI’s).

Cumprir os requisitos de segurança e ter instalações elétricas seguras não exclui os funcionários de utilizar proteção para o trabalho, pelo contrário, para total segurança as medias devem ser usadas em conjunto.

Cada área de trabalho demanda um conjunto de EPI’s específicos, no trabalho com energia, por exemplo, o trabalhador precisa utilizar luvas, máscaras, uniformes emborrachados e outros materiais isolantes.

Treinar a equipe

O treinamento é parte fundamental de uma cultura de segurança, não só para instruir sobre práticas corretas, ensinar procedimentos e normas da companhia, mas também para conscientizar os colaboradores sobre a atitude individual.

A segurança começa com cada um e só é atingida com o trabalho coletivo. Promover treinamentos periódicos e de reciclagem a quem comete desvios é parte imprescindível da prevenção de acidentes.

Gostou das dicas? Promova este conteúdo compartilhando em suas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.