Escritório: quais os riscos e como evitá-los?

Escritório: quais os riscos e como evitá-los?

De acordo com dados do INSS, a LER/DORT é a segunda causa em números de afastamentos do trabalho no país.

Acidentes de trabalho não ocorrem apenas em fábricas, os escritórios também são locais de risco para os colaboradores. Choques, tropeços e quedas são algumas das principais causas dos pedidos de indenização. Mas afinal, quais riscos um escritório pode oferecer?

Eletricidade

Quem nunca mexeu na régua de tomadas atrás do computador procurando por um espacinho para o carregador do celular? Aposto que você já. Por esse e outros motivos, acidentes envolvendo choques elétricos são bastante comuns nos locais de trabalho.

Fios desorganizados, tomadas sem proteção ou identificação, somados aos vários equipamentos eletrônicos usados em um escritório diariamente, são um prato cheio para acidentes.

Por isso, para evitar acidentes com eletricidade invista em identificação de voltagem para as tomadas, fios e cabos, e mantenha-os sempre organizados, nada de ter um emaranhado de fios.

Outra boa prática é alertar seus funcionários sobre os riscos e nutri-los de informações de como manter a segurança ao manusear os equipamentos e ativos eletrônicos.

Tropeções e Quedas

Escorregões, tropeções e quedas representam 1/3 de todos os ferimentos pessoais no local de trabalho e as causas são várias: falta de atenção, pisos escorregadios, carpetes soltos, uso do salto alto, etc.

O primeiro passo para evitar qualquer acidente desse tipo é a manutenção de carpetes, pisos e isolamento ou aviso sobre áreas molhadas ou escorregadias.

É importante também optar por pisos não escorregadios e instalar corrimão em todas as escadas. Nos degraus, a aplicação de fitas antiderrapantes são essenciais para evitar acidentes graves.

Portas e Corredores

Um espaço desorganizado e com obstáculos aumentam as chances de um acidente, por isso, nunca deixe armários, caixas ou objetos grandes próximos às portas e corredores, isso aumenta a chances de escoriações e lesões por batidas.

Além disso, deixar portas e corredores livres é essencial para uma evacuação de emergência em caso de incêndio, por exemplo.

Incluir a rotina de House Keeping em sua companhia é uma prática de limpeza e organização, que realizada periodicamente ajuda a reduzir problemas de acúmulos de materiais e desorganização. Ou seja, é fundamental para manter tudo em ordem e evitar acidentes.

Além disso, a instalação de placas de aviso como: “Abra com Cuidado” nas portas, previne comportamentos de risco e pode evitar acidentes por lesão ou queimaduras de café, por exemplo.

Ergonomia e Doenças Relacionada ao Trabalho

As lesões por esforço repetitivo (LER) e Doenças Osteomusculares Relacionadas ao Trabalho (DORT) também estão associadas a riscos comuns em um escritório. Tais doenças são um desgaste no sistema musculoesquelético por execução de movimentos repetitivos.

De acordo com dados do INSS, a LER/DORT é a segunda causa em números de afastamentos do trabalho no país. Para reduzi-la, deve-se focar na prevenção, estimulando pausas durante a jornada de trabalho, a realização de alongamentos e exercícios entre as atividades.

Pensar na ergonomia dos colaboradores também é importante, além das dicas acima, alguns acessórios como apoios para pés e punho ajustam e acomodam os colaboradores de uma melhor forma para proteção a essas doenças.

E então, sua empresa está preparada para evitar ou previr acidentes nos escritórios incidentes? Conte-nos abaixo.

 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.